quinta-feira, 30 de abril de 2009

Porém por Sérgio Vaz



Queria ter vivido melhor,
Porém a mediocridade sempre me foi farta e generosa
Nos caminhos que escolhi para viver.

Queria ter sido mais alegre,
Porém a tristeza sempre foi companheira fiel
Nos dias intermináveis de abandono.

Queria ter amado mais as pessoas que conheci
Ou que fingi conhecer,
Porém na maioria das vezes, eu também não me conhecia.

Queria ter andado mais livre,
Porém, algemado à ignorância, perdi muito tempo
Tentando voar sem sequer saber andar.

Queria ter lido mais livros,
Porém, analfabeto de ousadia, passei muitos anos
Enxergando pelos olhos adormecido de outras pessoas.

Também queria ter escritos mais poemas
Do que bilhetes pedindo desculpas,
Porém, as palavras sempre me vieram como culpa
E não como estrelas.

Queria ter roubado mais beijos e abraços
Das meninas que andavam desprotegidas,
Protegidas pela magia da infância,
Porém, cresci muito cedo, e a timidez sempre me foi
Uma lei muito severa a ser cumprida.

Queria ter pensado menos no futuro,
Porém, o passado simples nunca foi o melhor presente
E a eternidade sempre me pareceu coisa de gente que tem preguiça de viver.

Queria ter sido um homem mais humilde
Porém, a vaidade e a ganância sempre me cercaram
De mimos e coisas que até hoje não sei para que serviram.

Queria ter pregado mais a paz,
Porém, como um covarde, gastei muita munição tentando atingir amigos e
desconhecidos que não usavam coletes à prova de balas nem blindados no
coração.

Queria ter sido mais forte,
Porém rir dos vencidos e bajular os mais ricos
Sempre me pareceu o caminho mais curto
Para o esconderijo secreto das minhas fraquezas.

Queria ter dito mais a verdade,
Porém a mentira sempre foi moeda de troca
Para comprar o respeito e a admiração das pessoas fúteis
De almas vazias.

Queria que o mundo fosse mais justo
Porém, avarento de nascença, fui o primeiro a esconder o sol na palma da
mão, antes que o vizinho o fizesse.

E mesquinho por vocação escondi as noites com lua
Para que os poetas não a cortejassem.

Queria ter dito mais besteiras,
Porém fui desses idiotas amantes das proparoxítonas
E sujeito oculto nos bate-papos de botecos de esquinas,
Onde a vida não acontece por decreto.

Queria ter colhido mais flores,
Porém o medo de espinhos afugentou a primavera.

E outono que sempre fui,
plantei inverno quando a terra pedia verão.

Hoje queria ter acordado mais cedo,
Porém temo que pra mim
Seja tarde demais.

João Cabral de Melo Neto


"...E não há melhor resposta
que o espetáculo da vida:
vê-la desfiar seu fio,
que também se chama vida,
ver a fábrica que ela mesma,
teimosamente, se fabrica,
vê-la brotar como há pouco
em nova vida explodida;
mesmo quando é assim pequena
a explosão, como a ocorrida;
mesmo quando é uma explosão
como a de há pouco, franzina;
mesmo quando é a explosão
de uma vida severina."

(Morte e Vida Severina)

Frase interesante...

Já dormi com mais de mil e quinhentas mulheres,
as que eu realmente amei não chegaram a cinco,
as paixões não foram duzentas
as outras nem mesmo lembro o nome.

Oscar Maroni

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Boa foto...

Além do Amor



Se tu queres que eu não chore mais
Diga ao tempo que não passe mais
Chora o tempo o mesmo pranto meu
Ele e eu, tanto
Que só para não te entristecer
Que fazer, canto
Canto para que te lembres
Quando eu me for

Deixa-me chorar assim
Porque eu te amo
Dói a vida
Tanto em mim
Porque eu te amo
Beija até o fim
As minhas lágrimas de dor
Porque eu te amo, além do amor!

Vinicius de Moraes

Whisky é o cachorro engarrafado

Ligia...

terça-feira, 28 de abril de 2009

Agora no ramo dos quadrinhos...



Polícia Secreta!


Essa noite cheguei em casa e meu irmão assistia Tela Quente, passava um filme chamado Sentinela, sentei no sofá e dei uma olhada no filme enquanto comia alguma coisa.

Até ai tudo bem. Em uma cena de tiroteio em shopping center movimentado Michael Douglas aponta sua arma para o vilão, mostra seu distintivo e grita para todos ouvirem:

-Parado! Polícia Secreta!!!

Nesse momento me surgiu uma dúvida, se a polícia é secreta, porque ele conta pra todo mundo que ela existe? Se ela é secreta acho que ninguém deveria saber... Ou então ele deveria gritar:

-Parado! Polícia Secreta, até agora!!!

Eu penso dessa forma! rs... Fiquei confuso, esses gringos não sabem o que querem da vida.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Engenharia moderna...

Era uma vez um condomínio em um bairro com nome de santo, Jd. São Luiz, bairro que se encontra na cidade de São Paulo.

A distribuição de água não era independente entre os apartamento, por motivos que desconheço, os moradores sentiram a necessidade de cada apartamento ter seu próprio recebimento de água, sendo assim cada apartamento pagará o que de fato consome.

Como logicamente é complicado alterar tão drasticamente a tubulação de água de um prédio já construído e habitado, alguém ou alguéns possuidor de extrema inteligência e que com toda a certeza não estava iluminado por São Luiz, encontrou a seguinte solução.


Visualmente é horrível, porem funciona! Não quero estar perto quando for necessário dar manutenção nesses canos.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

A velocidade das coisas...

Em uma conversa via email-chat com minha irmã surgiu uma dúvida, será que precisamos mesmo de toda essa gana por evoluir as coisas?

As vezes sinto que ser simples saiu de moda, se tornou uma coisa careta, o "correto" é seguir o fluxo, usar as roupas da moda, ouvir, ler e assistir as coisas da moda, usar os aparelhos dá moda. Mas será que preciso mesmo de um calçado com 12 amortecedores, sendo que o uso apenas para andar da minha casa até a escola, por que escuto determinada música ou leio determinado autor, eu preciso mesmo daquele aparelho de celular que arruma minha cama e prepara milkshake? Na maioria das vezes não precisamos de fato das coisas que desejamos, quem precisa dessas coisas é nosso ego e essa vontade é atissada através da maneira que nos é feita a oferta, de maneira imperativa, BEBA COCA-COLA.

Um exemplo recente é Susan Boyle, uma britânica feia frente aos modelos de belezas comuns aos dias de hoje que emocionou a todos após cantar em um reality show de calouros, como podem ver na imagem abaixo, ela sofreu uma mudança em seu visual e tudo isso aconteceu muito rápido, em menos de um mês para ser mais claro.


Evolução? Revolução? Mas será que essa pessoa será feliz dessa forma, ela foi transformada, sua voz não cabia a seu velho corpo, no caso para se tornar um produto mais vendável a cantora foi repaginada, foi dado um upgrade em sua imagem. Assim venderá muito mais.

Um outro exemplo é Dubai, precisamos mesmo de um edificio com mais de 140 andares?

Estamos entrando na era do exagero e da vaidade, não basta ser bom, deve ser muito bom de preferência o melhor.

As coisas são podem ser consideradas evolução até um certo ponto, depois disso se torna exagero, se torna vaidade.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Eu me remexo muito?


Para quem possui um ilustre representando que diz se remexer muito, esse Lêmure esta bem paradão, talvez o ponto fraco dos Lêmures seja uma boa coçada na barriga.


quarta-feira, 22 de abril de 2009

Prêmio Pulitzer

Com imagens dos estragos deixados pelo furacão Ike bo Haiti no ano de 2008, Patrick Farrell, do jornal americano The Miami Herald, venceu na categoria fotografia de notícias do Pulitzer 2009, um dos mais tradicionais prêmios de jornalismo do mundo.



O prêmio foi mais do que merecido, as fotos são otimas!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Bom Dia, Anjo


Em lençóis brancos você dorme
E eu em meu canto te admiro
Em teu descanso você brilha
Em seus encantos meus suspiros
Não acorde ainda, seja meu anjo
Guarde minha vida embaixo
De teus lençóis brancos
Sonhe melodias e acorde cantando
Deixe que o dia siga teus planos
Os teus planos.

Quando acordar
Bom dia
A madrugada vem te olhar tranqüila
E vai avisar
O dia
Que pode te acordar
Bom dia anjo...

Jair Oliveira

Einstein e a Crise


"Não pretendamos que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode acontecer às pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar "superado". Quem atribui à crise os seus fracassos e penúrias, violenta o seu próprio talento e dá mais ênfase aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a preguiça de encontrar as saídas e soluções. Sem crise não há desafios, sem desafios a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há méritos. É na crise que aflora o melhor de cada um, porque sem crise todo vento é afago. Falar da crise é promovê-la, e calar na crise é exaltar o conformismo. Em vez disto, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la".

Albert Einstein


Entendo perfeitamente o raciocinio do gênio... Mas quem não gosta de um sossego? rs

quarta-feira, 15 de abril de 2009

O curioso caso de Benjamin Butterfly


Canções de Rei

Se eu fosse algum rei, fosse o teu Senhor
Eu proclamava a tua boca, um reinado meu
O teu corpo nú, meu santuário...

Se eu fosse algum rei, teu Imperador
Eu ordenava, teu coração a gostar do meu
Cada dia teu, meu calendário...

Inventava canções de rei,
Conquistava o teu amor,
Desobedeceria a lei,
Revelava quem eu sou
Te mostrava que só eu sei,
Onde tudo começou
Inventando canções de rei
Pra enfeitar o nosso amor...

Max Viana

Melhores perfumes nos "piores" frascos?

terça-feira, 14 de abril de 2009

Poemeto Erótico

Teu corpo claro e perfeito,
- Teu corpo de maravilha,
Quero possuí-lo no leito
Estreito da redondilha...

Teu corpo é tudo o que cheira...
Rosa... flor de laranjeira...

Teu corpo, branco e macio,
É como um véu de noivado...

Teu corpo é pomo doirado...

Rosal queimado do estio,
Desfalecido em perfume...

Teu corpo é a brasa do lume...

Teu corpo é chama e flameja
Como à tarde os horizontes...

É puro como nas fontes
A água clara que serpeja,
Que em cantigas se derrama...

Volúpia da água e da chama...

A todo momento o vejo...
Teu corpo... a única ilha
No oceano do meu desejo...

Teu corpo é tudo o que brilha,
Teu corpo é tudo o que cheira...
Rosa, flor de laranjeira...

Manoel Bandeira

segunda-feira, 13 de abril de 2009

quarta-feira, 8 de abril de 2009

A Mulher do Próximo - Abujanra

O Analfabeto Político - Bertolt Brecht

Educativo

Vídeo aula de como preparar seus filhos para se defender de ataque de Zumbis. (risos)

O Meu Amor


O meu amor tem um jeito manso que é só seu
E que me deixa louca quando me beija a boca
A minha pele toda fica arrepiada
E me beija com calma e fundo
Até minh'alma se sentir beijada

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos
Com tantos segredos lindos e indecentes
Depois brinca comigo, ri do meu umbigo
E me crava os dentes

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
Que me deixa maluca, quando me roça a nuca
E quase me machuca com a barba mal feita
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
Quando ele se deita

O meu amor tem um jeito manso que é só seu
De me fazer rodeios, de me beijar os seios
Me beijar o ventre e me deixar em brasa
Desfruta do meu corpo como se o meu corpo
Fosse a sua casa

Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz

Chico Buarque

terça-feira, 7 de abril de 2009

2 Meses


É noite e, percebo, eu te amo,
E eu já te amava de manhã,
E te amei pelo resto do dia.
Eu te amei ontem, também.
Acho que, desde sempre, te amei.
E sei que vou te amar amanhã,
Depois de amanhã, semana que vem.
Acho que vou te amar para sempre,
E, se eu morrer, vou te amar, um pouco mais além.
Vou te amar, é verdade, não tem jeito,
Vou te amar, e muito, eternamente!

Wilson Melo da Silva Filho

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Agora vai ter que estudar!

?


Não sei o que a foto significa mas é muito engraçada! rs

Dia da verdade


O despertador tocou às 6:45. Foi o primeiro ato de verdade que ele tomou no dia e atirou o relógio na porta do armário. Dormiu por mais uma hora.

Levantou, arrumou-se e foi para a padaria. Pediu um pão na chapa e um café espresso. Logo de cara falou para o padeiro que achava seu pão mucho, mas adorava comer a rosquinha de sua mulher. O padeiro respondeu que pouco se importava com a rosquinha de sua mulher, já que ele era chegado na baguete do barista.

Saiu da padaria e foi para o trabalho. Chegou lá com duas horas de atraso e falou para o chefe que havia destruido o despertador na parede e que tinha tomado um café demorado na padaria. Disse também que pouco se importava com o atraso, já que sabia que não daria tempo dele fazer tudo o que tinha planejado naquele dia e teria que, invariavelmente, fazer hora extra, pois ele tinha que fazer todo seu trabalho e de chefe, que o achava completamente incompetente. O chefe não se preocupou com isso, já que ele sabia que seu subordinado fazia todo o trabalho enquanto ele passava horas no Youtube.

Durante o trabalho ele decidiu que não iria documentar nada. Ele sabia que ninguém lia o que ele escrevia e falou isso para o chefe. Porém nesta hora o chefe teve que discordar dele. “Oras, como vou mostrar para os meus diretores que estou trabalhando? Preciso de artefatos que comprovem que sei gerenciar meu time!”. Ele então mandou o chefe a merda e disse que fará o trabalho de má vontade e que não garante a qualidade do mesmo. O chefe concordou e disse para ele fazer mesmo assim, já que os diretores só iam ver o calhamaço de folhas e não iam ler nada.

Na hora do almoço ele decidiu ir naquele restaurante chumbrelento que sempre frequentava. Falou para garçonete que sua bunda era deliciosa e que, apesar da comida ser ruim, alguma coisa ainda fazia abrir seu apetite. Provavelmente seu decote.

Voltando do almoço, ele falou para o chefe que estava com sono e iria para casa dormir. Foi demitido. O chefe poderia aturar tudo. Até uma dor de barriga. Mas não trabalhar por causa de sono já era demais.

Foi para casa e dormiu até anoitecer. Quando anoiteceu foi encontrar com seu casinho de duas semanas. Falou que estava com ela somente pelo sexo e que era melhor conversar com uma berinjela do que trocar duas palavras com sua pessoa. Ela disse que não estava interessada no sexo nem no seu papo. Ela estava interessada naquela herança gorda que sua tia avó havia deixado para ele.

Os dois foram para o motel e transaram. Ela perguntou se havia sido bom. Ele disse que não. Ela disse que havia sido uma das melhores transas de sua vida.

Que pena, já era meia-noite e um.

Extraido do Blog Nome impróprio

Eu não perco abro mão de vencer


As vezes me mostro alguém vaidoso demais, quem sabe arrogante e prepotente. Não sei bem ao certo como as pessoas me vêem em relação a isso. Porem quando digo frases como "Se eu quiser eu consigo","Quando quero algo busco até conseguir" e "Eu não perco abro mão de vencer", não estou sendo arrogante ou demonstrando uma suposta prepotência, na verdade estou apenas vingando minha fé.

Todos temos em nós doses de arrogância, egocentrismo e prepotência, mas em mim essas coisas não superam o tamanho da minha fé. Seria o crer absoluto com o intuito de atingir o que desejamos, e procuro sempre desejar o bem, mesmo que seja o meu bem.

Faço parte de de uma familia de pessoas fortes, que lutam e não aceitam as derrotas com facilidade, eu sei que não sou naturalmente forte como é meu tio ou minha mãe, por exemplo, mas foi na minha educação e vendo como eles agiam em determinadas situações, foi observando como lutam para alcançar o que desejam e superar as dificuldades que aprendi a como ser forte e perseguir cada vez mais esse fortalecimento e essa fé em não desistir. Se eu não acreditar em mim quem vai acreditar?

Quando temos fé, temos fé em algo, no caso tenho uma fé inabalável em mim mesmo, porem não me dou ao luxo de acreditar apenas em mim, também tenho muita fé em Deus e em Cristo, e o que eu não consigo eles me dão por mérito.