sexta-feira, 30 de abril de 2010

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Umo Sonho - Sérgio Vaz



Enquanto o sonho não acontece vamos vivendo o que a vida nos dá para viver. O sonho ainda não é realidade, porém para não ofender as alegrias que a vida também nos fornece não vou chamar o que vivemos de pesadelo, podemos chamar apenas de consequência de nós mesmos.

A Seta e o Alvo

  Não é segredo pra ninguém o apreço que tenho por boas letras, quando unidas a boas músicas prendem completamente minha atenção.

  Hoje fui dar uma volta no Blog da minha amiga Bel (Mais é Tudo Novo de Novo) e me deparei com um post contendo a letra A Seta e o Alvo de Paulinho Moska e Nilo Romer, não conhecia a música e muito menos a letra, achei a letra caralhastica adorei e durante um surto de inveja resolvi fazer um post igual para compartilhar o conteúdo com vocês... Mentira eu não sofro dessas coisas (inveja)... Lá vai!



Eu falo de amor à vida,
Você de medo da morte.
Eu falo da força do acaso
E você de azar ou sorte.

Eu ando num labirinto
E você numa estrada em linha reta.
Te chamo pra festa,
Mas você só quer atingir sua meta.
Sua meta é a seta no alvo,
Mas o alvo, na certa, não te espera.

Eu olho pro infinito
E você de óculos escuros.
Eu digo: "Te amo!"
E você só acredita quando eu juro.

Eu lanço minha alma no espaço,
Você pisa os pés na terra.
Eu experimento o futuro
E você só lamenta não ser o que era.
E o que era?
Era a seta no alvo,
Mas o alvo, na certa, não te espera.

Eu grito por liberdade,
Você deixa a porta se fechar.
Eu quero saber a verdade
E você se preocupa em não se machucar.

Eu corro todos os riscos,
Você diz que não tem mais vontade.
Eu me ofereço inteiro
E você se satisfaz com metade.
É a meta de uma seta no alvo,
Mas o alvo, na certa não te espera!

Então me diz qual é a graça
De já saber o fim da estrada,
Quando se parte rumo ao nada?

Sempre a meta de uma seta no alvo,
Mas o alvo, na certa, não te espera.

Paulinho Moska e Nilo Romer

terça-feira, 20 de abril de 2010

Coisas que eu não entendo

  Depois de alguns anos estudando e trabalhando com exatas adquiri um nível lógico que impede que eu entenda algumas coisas. Como, por exemplo, como funciona o regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

O Brasil vira pra mim e diz:

Brasil: Você vai receber um valor X como salário + Benefícios (Vale Transporte e Vale Refeição)
Eu: Ok Brasil! Isso me deixa feliz...

Um mês depois...
Eu: Brasil eu não receberia X + Benefícios?
Brasil: Sim...
Eu: Então por qual motivo eu recebi X - (Vale Transporte + Vale Refeição/2)
Brasil: Esses abatimentos são referentes aos seus benefícios.
Eu: Então esses benefícios são pagos por mim mesmo???
Brasil: Sim...
Eu: ...

  Sem falar que todo mês eu pago R$ 163,33 como Contribuição Sindical, nunca filho da puta sindicato algum veio perguntar se me falta ao menos papel higiênico para limpar a bunda, ou seja, eu pago algo que não tenho retorno algum, logo estou trabalhando e mandando dinheiro sei lá pra quem, sendo assim algum filho duma égua alguém esta vivendo do meu trabalho.

Na boa... Eu desenvolveria um sistema trabalhista mais coerente.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O Show da Vida

  Essa última semana foi emocionalmente conturbada para mim, em um intervalo de seis dias eu perdi um tio, ganhei um sobrinho e casei uma grande amiga (Cris), amiga que por sinal hoje é minha cunhada. Ela se tornou alguém muito importante para mim, pois através dela conheci minha companheira (Tiane).

  Creio que esses são os principais acontecimentos na vida de uma pessoa, o nascimento, a união e a morte. A vida pareceu estar me mostrando uma prévia de tudo que ainda esta por vir, quantas pessoas ainda vou perder para outras ganhar, quantas pessoas ainda vou ver se unindo a outras, vivendo e buscando a felicidade.

  Se emocionar faz parte da vida, chorar é o sangrar da alma, da mesma forma que nos sentimos vivos quando nos machucamos e vemos o sangue correr, o escorrer das nossas lágrimas também é um nítido sinal de que estamos vivos pro mundo, de que sentimos tristeza, alegria, saudade, amor...

  Pesso que a vida jamais deixe de me emocionar, pois da mesma forma que ela sempre se mostrou ativa para mim, jamais quero me encontrar emocionalmente indiferente para vida.

Tio Nelson, tenha seu descanso em paz...
Davi seja bem vindo a vida...
Cris e Ronaldo, que Deus ilumine e abençoe os nossos caminhos.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Ovo de páscoa Baton



Ah garoto!!! rs Não é possível que as pessoas que elaboraram esse objeto não tiveram a mesma malícia que o cara do vídeo, o resto mundo e eu...

Talvez a idéia seja reaproveitar o brinquedo... Quando acabar a carga da caneta a crinça dá para sua mãe, avó, tia ou até mesmo para aquele tio suspeito "jogar fora"...

Mister Lúdico e os Morféticos - Caixote



Se liga na letra!!! rs

Estava tão quentinho no meu ninho
Até que eu senti ele balançar
Uma mão toda suja me pegou
E agora nunca mais eu vou voar

Estava tão quentinho na minha toca
Até que em uma rede em me enrosquei
Fui então colocado em uma caixa
E lá dentro um tucano eu encontrei

Fomos tirados do nosso lar
Para a floresta nunca mais vamos voltar
E agora grande Pai o que faremos
Pois ser bichinhos de dondoca não queremos

Estamos em uma caixa mó fedida
Amontoados, esfomeados, quase sem vida
Daqui a pouco vão nos tirar deste inferno
E tentar nos vender em alguma pista

Fomos tirados do nosso lar
Para a floresta nunca mais vamos voltar
E agora grande Pai o que faremos
Pois ser bichinhos de dondoca não queremos

Fomos tirados do nosso lar
Para a floresta nunca mais vamos voltar
Viver mesmo assim é tão ruim
Prefiro ir de encontro ao meu fim

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Dúvida

Se os congressistas são os pais da pátria
quem são os filhos da puta mãe?