sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O que é a vida?


Sabe o que é a vida Wilian?
- Claro que sei!
O que é a vida?
- A vida é qualquer coisa que eu não sei explicar...

Wilian Jañez

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Voz no pensamento

Todas as vezes que penso
ouço uma voz dentro da minha cabeça
vez ou outra passo a pensar
sobre o que seria essa voz
as vezes imagino
que as coisas que eu penso
não nascem de mim mesmo
são apenas pensamentos
dessa voz que vive
no meu pensar
ou quem sabe essa voz
seja apenas a voz do meu pensamento

Em algumas das vezes que penso nisso
resolvo perguntar para outras pessoas
que pensam como eu
se dentro de suas cabeças
também existe uma voz
que parece falar com elas
mas a voz que habita minha mente
logo passa a me falar
sobre outros pensamentos
e eu acabo esquecendo de executar
o que antes havia pensado

Quando os pensamentos não são bons
eu calo a voz com a mesma voz
me falando sobre outras coisas
e nesse momento penso
que independente do que seja essa voz
e independente dos pensamentos
que essa voz sopre na minha cabeça
desejo muito que a voz no meu pensamento
jamais deixe de me falar
sobre as coisas que ela pensa
ou quem sabe sobre as coisas
que eu mesmo penso.

Wilian Jañez

Perfume bom

Um dia eu estava no ônibus
cotovelo apoiado na janela,
a mão aparando a cabeça cansada
e os olhos fechados
como quem procura descanso

Veio uma mulher
e se sentou ao meu lado
tinha certeza que era uma mulher
pois apenas uma mulher
usaria um perfume tão bom
como aquele que ela usava

Segui com os olhos fechados
eu tinha medo de abrir meus olhos
e descobrir que aquela mulher
não era tão bonita
quanto seu perfume era bom,
pois em seguida eu poderia
pensar um pouco melhor e concluir
que aquele perfume nem era tão bom assim

Wilian Jañez

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Saudade de pipa

Durante meus anos de brincadeiras
tive muitas pipas
pipas brancas, amarelas
e algumas quase pretas,
pequenas, grandes
e algumas nem pequenas
e nem grandes,
algumas muito bonitas
e outras nem tanto

Foram muitas as pipas que eu tive
de várias cores, tamanhos e belezas diferentes
entre todas elas existe uma pipa
que hoje me causa saudade
não pela cor ou pelo tamanho que ela tem
muito menos pela beleza que ela possuí
e sim pelas coisas gostosas que aconteciam
quando ela estando ligada a mim
alçava sobre meu desesperado corpo seu vôo de pipa

Wilian Jañez

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Filme - A Máquina

Esse final de semana assisti A Máquina, ótimo filme muito gostoso de assistir, sem falar que tem o grande e imortal Paulo Autran no elenco. Mariana Ximenes também está no elenco, e nesse filme ela mostra quanto talentosa é. Quem conhece a moça pelas novelas, não sabe o quanto talentosa é, quase irreconhecível.

Recomendo o filme, abaixo segue um trecho... Apenas para dar água na boca...

Se não amor

Se não é amor o que tenho pra te dar,
jamais viria até aqui com a intenção de algo te entregar.

Se me vejo na obrigação de algo te deixar,
o que mais poderia te dar?

Se o que apenas tenho é amor,
se o que apenas faço é amar.

Wilian Jañez

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Caso pluvioso




A chuva me irritava. Até que um dia
descobri que Maria é que chovia.
A chuva era Maria. E cada pingo
de Maria ensopava o meu domingo.

E meus ossos molhando, me deixava
como terra que a chuva lavra e lava.
Eu era todo barro, sem verdura...
Maria, chuvosíssima criatura!

Ela chovia em mim, em cada gesto,
pensamento, desejo, sono, e o resto.
Era chuva fininha e chuva grossa,
matinal e noturna, ativa...Nossa!

Não me chovas, Maria, mais que o justo
chuvisco de um momento, apenas susto.
Não me inundes de teu líquido plasma,
não sejas tão aquático fantasma!

Eu lhe dizia em vão - pois que Maria
quanto mais eu rogava, mais chovia.
E chuveirando atroz em meu caminho,
o deixava banhado em triste vinho,

que não aquece, pois água de chuva
mosto é de cinza, não de boa uva.
Chuvadeira Maria, chuvadonha,
chuvinhenta, chuvil, pluvimedonha!

Eu lhe gritava: Pára! e ela chovendo,
poças dágua gelada ia tecendo.
Choveu tanto Maria em minha casa
que a correnteza forte criou asa

e um rio se formou, ou mar, não sei,
sei apenas que nele me afundei.
E quanto mais as ondas me levavam,
as fontes de Maria mais chuvavam,

de sorte que com pouco, e sem recurso,
as coisas se lançaram no seu curso,
e eis o mundo molhado e sovertido
sob aquele sinistro e atro chuvido.

Os seres mais estranhos se juntando
na mesma aquosa pasta iam clamando
contra essa chuva estúpida e mortal
catarata (jamais houve outra igual).

Anti-petendam cânticos se ouviram.
Que nada! As cordas dágua mais deliram,
e Maria, torneira desatada,
mais se dilata em sua chuvarada.

Os navios soçobram. Continentes
já submergem com todos os viventes,
e Maria chovendo. Eis que a essa altura,
delida e fluida a humana enfibratura,

e a terra não sofrendo tal chuvência,
comoveu-se a Divina Providência,
e Deus, piedoso e enérgico, bradou:
Não chove mais, Maria! - e ela parou.

Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Tem Que Acontecer

Não fui eu nem Deus não foi você nem foi ninguém
Tudo o que se ganha nessa vida é pra perder
Tem que acontecer
Tem que ser assim
Nada permanece inalterado até o fim
Se ninguém tem culpa não se tem condenação
Se o que ficou do grande amor é solidão
Se um vai perder outro vai ganhar
É assim que eu vejo a vida e ninguém vai mudar

Eu daria tudo

Pra não ver você cansada
Pra não ver você calada
Pra não ver você chateada
Cara de desesperada
Mas não posso fazer nada
Não sou Deus nem sou Senhor

Eu daria tudo

Pra não ver você chumbada
Pra não ver você baleada
Pra não ver você arreada
A mulher abandonada
Mas não posso fazer nada
Eu sou um compositor popular

Sérgio Sampaio


Pouco conhecido, porém um grande compositor.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Alma nova

Sempre que te vejo assim
Linda, nua
E um pouco nervosa
Minha velha alma
Cria alma nova
Quer voar pela boca
Quer sair por aí...

E eu digo

Calma alma minha
Calminha!
Ainda não é hora
De partir...

Então ficamos

Minha alma e eu
Olhando o corpo teu
Sem entender...
Como é que a alma
Entra nessa história
Afinal o amor
É tão carnal...
Eu bem que tento
Tento entender
Mas a minha alma
Não quer nem saber
Só quer entrar em você
Como tantas vezes
Já me viu fazer...

E eu digo

Calma alma minha
Calminha!
Você tem muito
Que aprender...

Zeca Baleiro e Fernando Abreu



sábado, 4 de setembro de 2010

2 anos

Hoje esse blog completa 2 anos de vida e infelizmente hoje eu não tenho nada a dizer... Mas para não passar em branco vou compartilhar um pensamento com vocês.

Arte é tudo aquilo
que um homem faz
com o propósito de tornar
a vida algo tolerante.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

100 anos tem meu coração

  O dia de hoje será dedicado unica e exclusivamente a uma das, ou quem sabe, a minha MAIOR PAIXÃO.

SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA

  Apesar dos meus 24 anos de idade hoje meu coração completa 100 anos de vida. Ao falar sobre o orgulho corinthiano não falo dos títulos, pois o corinthiano não vive de vitórias nós vivemos apenas de CORINTHIANS e nada mais, não me valeria de nada ter a melhor estrutura do mundo e todos os títulos possíveis se eu não tivesse o CORINTHIANS.

  Neto de corinthiano, filho de corinthiano, sobrinho de corinthiano e etc. Sinceramente? Eu não tive culpa alguma, eu nasci desse jeito, não saberia ser de outra forma, bem ou mal eu sou assim. Ser CORINTHIANS não é uma prática ou uma opção, ser CORINTHIANS é uma doença, no meu caso eu já nasci doente, algumas pessoas são contaminadas ao decorrer da vida, mas são raros casos.

  Não importa o que aconteça com a equipe nós estaremos lá, pois não somos um simples torcida, nós somos o próprio time. 12º jogador que jamais se viu, somos a FIEL TORCIDA.

SOMOS CORINTHIANS !

Ouça a essa narração, é de arrepiar.


Isso é ser CORINTHIANS...


E claro, como não poderia faltar, segue algo que eu escrevi pro meu CORINTHIANS...

Por ti Corinthians

Serei por ti na alegria ou na tristeza
na chama sempre acesa
da fiel que nunca apaga
na arquibancada
da minha voz farei tua raça
do meu canto tua graça,
pois meu grito ninguém cala
és minha alegria
e minha tristeza,
porem afirmo com certeza
vou te acompanhar aonde seja,
pois sou fiel e minha torcida ninguém para.



Um dos vídeos mais emocionantes sobre o CORINTHIANS. Me arrepia até a alma...



E para finalizar gostaria apenas de dizer...

EU  SOCORINTHIAN!