terça-feira, 21 de junho de 2011

Poema


A poesia está guardada nas palavras - é tudo que eu sei.
Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a realidade.
Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
Para mim poderoso é aquele que descobre
as insignificâncias (do mundo e as nossas).
Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado e chorei.
Sou fraco para elogios.

Manoel de Barros

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Pra não voar

Se sou pássaro
é por que só do alto
posso te ver
longe do ar
você não existe
Quem sabe um dia
eu não seja ave
não tenha vida nos céus
pra sempre os pés no chão
e assim não terei você
Não volto!
Mas não deixo
de voar com o vento
pois só lá você existe.

Wilian Jañez

terça-feira, 7 de junho de 2011

O Peregrino



No caminho do crer e não crer
Vivo na dúvida do milagre
Entre as brumas da uva e do vinho
Sou eu quem destila o vinagre.
Caminho no chão em busca do céu
Num fogo e água que não tem fim
Porque
Não me esforço para acreditar em Deus
Esforço-me para que Deus acredite em mim.

Sérgio Vaz