quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sorrir



Sorrir, no momento que tudo for dor
          quando nada mais constar
          na hora que pensar em desistir
          e se em nada mais acreditar, sorrir

Sorrir, no momento que tudo for cansaço
          quando não existir razão
          na hora que não tiver motivos
          e se o desespero se mostrar, sorrir

Sorrir, no momento que tudo for pequeno
          quando ninguém mais estiver
          na hora que sentir o corpo cair
          e se a loucura for presente, sorrir

Sorrir, no final de todos os dias
          quando pensar na vida que se fez
          na hora que sentir o orgulho por tanto sorrir
          e se a emoção for presente, chorar.

Wilian Jañez