quinta-feira, 20 de junho de 2013

Mudança de hábito



O que está acontecendo nas ruas do nosso país nos últimos dias não é uma fase, um momento, como fosse uma moda. Isso não deve acabar, estamos mudando de postura, de atitude, esse sentimento de capacidade, deve seguir conosco, vamos deixar a postura covarde e passiva que tivemos todos esses anos e vamos adotar de vez a contestação, engessar na nossa cultura essa postura.

Sentem com suas crianças e expliquem o que esta acontecendo, elas são o futuro desse país. Com certeza estão vendo de alguma forma, os acontecimentos pela televisão e é de extrema importância que elas entendam isso como algo correto, a postura exata que um cidadão deve ter, se deixarmos por conta de seu entendimento, essas crianças podem entender qualquer coisa. Hoje lutamos por eles, amanhã é necessário que eles saibam da capacidade que possuem como povo, para lutar pelos próximos.

Mudar o país é algo ambicioso, vamos a principio mudar nós mesmos, sair de vez dessa postura apática e sermos de fato contestadores, tomar gosto pelas questões, pela luta, e dessa forma a mudança do país acontecerá naturalmente.

Pra você que me chama de maluco, Che Guevara, você que tira sarro, saiba que enquanto você ri de mim, tem outros tantos rindo de nós dois a custa do meu e do seu dinheiro. Dinheiro que você conquistou com SEU trabalho, ficando ausente dos seus filhos, da sua esposa, as vezes perdendo eventos familiares, horas de descanso, perdendo horas indo e vindo do trabalho, perdendo saúde, energia, felicidade.

Não sei se é covardia, timidez ou apenas um choque natural de quem ainda esta se adaptando a uma mudança de postura, mas deixe de lado esses poréns e venha lutar comigo, afinal de contas juntos o POVO É GRANDE PRA CARALHO!!!

E para aqueles que me chamavam de louco quando eu dizia que uma hora isso iria acontecer, venho informar que sou louco sim e esse povo esta enlouquecendo comigo...

Sem mais!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Aos que ainda dormem...


Você que em tom de brincadeira questiona quem se coloca a disposição das manifestações, saiba que vivemos nessa sociedade, você e eu, não importa o que você faça, não conseguirá se isentar dos acontecimentos, havendo melhora ou não você, assim como eu, vai sofrer as consequências.

Hoje deixei de estar com meu filho de 22 dias para manifestar minha insatisfação, justamente por ama-lo fui para rua, para que um dia ele viva em um país mais justo, onde as decisões sejam tomadas de baixo pra cima. Não quero mais pagar duas vezes e caro por saúde, educação, transporte, segurança e etc. Quero que as coisas sejam justa. Levamos o país em frente, porem não nos dão de fato o direito de escolher o que é melhor para nós mesmo, se não nos dão esse direito, estamos dispostos a toma-lo.

Acorde! Até quando pretende viver dessa forma? Monitorando sites pra saber que horas sair do trabalho pra ir pra casa, tentando fugir do trânsito, uma quantidade enorme gastando mais que o necessário, queimando gasolina para não depende do transporte público.

A hora é agora, esta acontecendo, como já disse, você não será capaz de se isentar do por vir, cabe a cada um saber se terá o orgulho de ter vivido ou não. Afinal de contas, muitos nascem mas poucos vivem...